A (minha) fórmula simples para ajudar a combater a crise!

Olá gente

Há muito tempo que sou da opinião que a melhor atitude para combater a crise, e, em simultâneo,  fazer as famílias mais felizes seria reduzir a carga horária de trabalho.
As pessoas quanto menos estivessem no trabalho, mais tempo teriam para estar com a família; mais tempo teriam para produzirem em casa (há uma imensidão de coisas que se podem fazer em casa e com muita mais qualidade) aquilo que não conseguem por falta de tempo; mais rendiam no trabalho dado o aumento do grau de motivação e ainda combatiamos, com o mesmo tiro, o desemprego. 
Quando colocava este ponto de vista havia quem se risse e dissesse que só da minha cabeça podia vir uma ideia destas. Afinal não. Há quem pense o mesmo. Hoje deparei-me com este relatório http://www.noticiasaominuto.com/mundo/137261/trabalhar-entre-25-a-30-horas-e-o-ideal-para-alcancar-felicidade e fiquei satisfeita por não estar sózinha.

O que lamento, mesmo muito, é que em Portugal em vez de andarmos para a frente andemos para trás. Temos um Tribunal Constitucional que aprova por votos (Rídiculo a meu ver. Onde fica análise da constitucionalidade?) o aumento do horário de trabalho; o aumento da desmotivação; o aumento da falta de rendimento; a falta de tempo para a família. O que lucramos todos com isto: nada. Ninguém lucra nada. Todos perdemos e perdemos muito.
O que me vai valendo é ser otimista e acreditar que um dia a coerência superará a ambição e que no meio de tudo isto há momentos simples e muito bons para serem vividos.


E vocês, o que pensam acerca deste assunto?

Beijinhos e abraços e tenham um excelente fim-de-semana

Comentários

  1. Penso exactamente o mesmo. E além das horas de trabalho tens que acrescentar as gastas nos transportes. Tenho dias (muitos dias) em que estou entre 12 e 13 horas fora de casa, entre trabalho e transportes. Tempo para a família nos dias de trabalho? Três míseras horas, entre banhos, jantares e idas para a cama. Para mim não deveria ser assim. Mas infelizmente é. E não tenho hipótese de o contrariar.

    É por isso que faço questão de dedicar totalmente os fins-de-semana à família, a tempo de qualidade com eles. E de continuar a pensar que quem manda chegará finalmente à conclusão que a produtividade não aumenta com mais horas de trabalho mas sim com trabalhadores motivados.

    Um beijinho e um excelente fim-de-semana

    ResponderEliminar
  2. Vamos ter fé e esperança!

    Beijinhos e um excelente fim-de-semana para ti também

    ResponderEliminar
  3. Concordo plenamente. O mais ridiculo da situação é aqui nos meus serviços entro ás 8h, mas só podemos ligar as luzes todas da sala e os PC ás 9h para poupar € de energia, então para quê as 40h se não podemos trabalhar? Chegamos cedo para quê? Só para dizer que trabalhamos as 40h? Ridiculo!!!
    Bjs
    Dulce

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A sério!! Que coisa tão disparatada.
      Aqui penso que os gastos têm aumentado e bem devido exatamente aos gastos de energia. Tremo é de pensar que um dia deste vai haver funcionários a sair porque deste modo (40 horas) há pessoal em excesso. No meu serviço estou sózinha, mas há serviços com muita gente que todos juntos ao fazerem mais uma hora por dia, corresponde a dias de trabalho de um funcionário. Quem irá saltar fora? Seja quem for precisa do emprego, não será pois fácil para ninguém!

      Beijos

      Eliminar
  4. Olá Lassalete, passei para desejar um Santo e Feliz Natal e um Ano Novo cheio de coisinhas boas e muita saúde.
    Lá que estamos a andar para trás não há qualquer dúvida. A dúvida é se e quando e que isto vai acabar e começarmos a andar para a frente, que já estáa mais do que na hora.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Boa tarde Lassalete.
    Penso exatamente como você,a falta de tempo é muito prejudicial a família,se fosse uma carga horaria menos ,todo mundo sairia lucrando.
    Uma ótima noite.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  6. Tem toda a razão Lassalete..seria uma opção por certo com bons resultados...como vamos estamos a caminho da derrocada final...num vi ...mas nunca tanta desmotivação no trabalho agora...enfim!

    Querida amiga tenho no meu blogue a correr um desafio Rostos da diferença em que muito gostava que participasse...será possível? Compreendo claro se o não quiser fazer mas tenho a certeza de que seria um excelente contributo!
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  7. infelizmente a visão economicista sempre se sobrepôs à visão de que as pessoas são importantes, e sem elas... sendo que a maior parte dos portugueses já não vive, sobrevive.

    ResponderEliminar
  8. Bom dia Lassalete!
    É um assunto pertinente... Os países nórdicos dão prioridade às famílias!! Um exemplo a ser seguido!!
    Seriamos certamente todos mais felizes... acho até que haveria menos divórcios... essa "bola de neve" que parece moda...
    Boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Absolutamente Rui. É lamentável que o consumismo se sobreponha a tudo e se confunda tantas vezes "ter mais" com o viver bem e feliz.
      Boa semana para si também

      Eliminar
    2. Concordo plenamente.
      As famílias precisam de conviver, as crianças precisam dos pais, os jovens precisam de orientação.
      Hoje, vive-se o trabalho, a correria, o dinheiro (que é importante), a aparência.
      Não é por acaso que a educação está em crise, também.


      Eliminar
  9. Concordo plenamente contigo, aliás os meus melhores momentos são com a minha familia, mas infelizmente ainda vivemos num mundo muito consumista, as pessoas ligam muito a modas, e preferem gastar o pouco dinheiro que têm em futilidades e não em viver bem.
    Obrigada pela tua visita, e eu como gosto muito deste mundo cá estou a retribuir, e estou a gostar!!!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  10. Muito obrigada Marina. Fico tão feliz que identifiques um pouco com este meu mundo, que sou eu!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Olá Lassalete, um bom fim de semana para ti e os teus!

    ResponderEliminar
  12. Efetivamente... neste país andamos para trás... ou melhor, puxam-nos para baixo!! Desgovernados!!

    Boa semana!

    ResponderEliminar
  13. Bom dia Lassalete!
    Passei apenas para deixar um abraço forte...não sei o que te está a entristecer hoje mas percebi por um comentário teu que li que hoje é daqueles dias em que um abraço bem apertado pode fazer a diferença...Aqui vai o meu bem apertadinho e carregadinho de energia positiva...Se precisares de um ombro amigo ou até de dois, sabes onde me encontrar, não hesites!
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  14. Muito obrigada Maria, por tudo! É bom sentir que a nossa tristeza é sentida por alguém. E sim, eu sei que posso contar contigo!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Lamento que não dê continuidade a este blogue com mais regularidade, de facto a reciclagem é uma mistura rica e constantemente renovada de visão e criatividade.

    ResponderEliminar
  16. Olá,
    o trabalho em excesso diminui a criatividade, mas também em tempo de crise muitas oportunidades boas surgem. Desejo sorte e sucesso para vocês, que moram neste lindo país.
    Tenha uma ótima semana.

    ResponderEliminar
  17. Lassalete
    vim agradecer o carinho de tua visita
    realmente nossos blogs tem semelhanças
    vamos compartilhar nossas ideias

    um beijo Zizi

    ResponderEliminar
  18. Concordo com você, pessoas felizes rendem mais no trabalho, aqui no Brasil como se sabe o problema é com transporte nas grandes cidades, perde-se muito tempo indo e vindo do trabalho é de dar dó a maneira como os passageiros são tratados, ainda bem que moro em cidade pequena e não sofremos com isso. Ótimo fim de semana pra você. bJÔ

    ResponderEliminar
  19. Linda...realmente por aqui...a situação tem complicado bastante e é no dia a dia que verificamos isso! Relativamente à crise...espero que possamos sair dela bem rapidamente...pois a vida está um sufoco (para alguns):::Bj amigo!

    ResponderEliminar
  20. Olá Lassalete, obrigada pelas tuas visitas e comentários! Grande beijinho!

    ResponderEliminar
  21. OI LASSALETE!
    PASSANDO PARA CONHECER TEU ESPAÇO E TE DIGO QUE GOSTEI DESSA TUA IDEIA, SERIA BOM MESMO SE AS PESSOAS PUDESSEM ESTAR MAIS EM SEUS LARES, JUNTO AOS FAMILIARES.
    ABRÇS

    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  22. Olá' lassalete. Obrigada pelo comentário.
    Gostei imenso do teu ponto de vista. Vou ficar como tua seguidora e espero que os laços entre nós se estreitem.
    Beijinhos

    Reparo agora que somos quase vizinhas!

    ResponderEliminar
  23. Subscrevo a reflexão.
    Menos horas e menos salário, mas mais emprego...todos ficariamos a ganhar e a família agradece.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  24. Boa tarde,
    A criatividade é excelente, permite criar o pretendido nalgumas coisas.
    Gostei de passar aqui pelo seu canto.
    Dia feliz
    ag

    http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  25. Muito obrigada pela atenção, beijinhos

    ResponderEliminar
  26. Subscrevo integralmente o que defendes. Aliás, apesar de este ano ter sido um ano terrível para mim em termos de trabalho, não o foi em termos de horário. Porque, apesar de poder trabalhar em dias de férias (como aconteceu este ano), durante o período do ano de trabalho, chega a uma certa hora e ponto final. Tenho duas filhas pequenas e não gosto de as deixar ao cuidado de qualquer que seja a instituição, por muito boa que ela seja., Nada como o tempo passado em família.

    ResponderEliminar
  27. Nem dê esta idéia , por aqui já se cojitou esta idéia , o salario iria diminuir consideravelmente.
    bjs
    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  28. Bem me parecia que já tinha passado por aqui.

    Este é o teu único blog, Lassalete?

    Beijinhos


    ResponderEliminar
  29. Vamos acreditar que as coisas vão melhorar....

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  30. bom, eu neste momento estou em part-time e confesso que preciso um pouco de adrenalina na minha vida....está super monótona por isso precisava de trabalhar mais!!!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Como cozinhar couscous.

Receita de detergente caseiro para a máquina da roupa.

Tira borboto - económico e eficiente.