quarta-feira, 15 de Outubro de 2014

Quando o tempo

é pouco para tudo e a palavra de ordem é poupar, nada como resolver cozinhar tudo num mesmo tempo, com a mesma energia.
Ontem foi o que aconteceu por cá. Com o forno ligado aproveitei para fazer uma pescada assada com batata doce, para o jantar, umas espetadas de peru que serão o almoço de hoje, e umas belas castanhas assadas que foram sobremesa, regadas com uma bela jeropiga.  Ainda sobraram algumas, que foram descascadas e serão complemento em qualquer outro cozinhado.
No poupar é que está o ganho, sempre ouvi dizer toda a vida. De facto o ditado não podia ser mais correcto. 

Beijos e abraços

até à próxima

segunda-feira, 13 de Outubro de 2014

Sorteio no Blogue " Flor Criativa".

O Blogue " Flor Criativa", está de parabéns no próximo dia 17 Outubro. Para assinalar os seus dois anos de existência, a minha querida amiga Rosinha decidiu fazer um sorteio de algumas das suas peças ( ela chama-lhe miminhos, eu digo que é arte).
Candidatem-se ao sorteio porque vale mesmo a pena e já agora aproveitem e divulguem os seus trabalhos, não custa nada!

Beijinhos e até à proxima

quinta-feira, 9 de Outubro de 2014

Compota de figos

O Outono é a minha estação preferida, como já o disse em algumas ocasiões. O cheirinho a canela e a compota caseira que se espalha pela casa, nesta altura do ano, traz um conforto enorme à  minha alma.
Depois de um fim-de-semana na aldeia, regressei a casa com  (para além das batatas, cebolas, nozes, limas, quivis)  um cesto de figos, uns comestíveis, outros um pouco "inchados" da chuva. Não me preocupei muito com isso uma vez que a minha intenção era fazer compota (a minha compota  favorita de sempre, nham, nham!) e isso não seria entrave. Confirmo que realmente ficou deliciosa!

Ingredientes

1,5 kg de figos com a casca
500 gr de açúcar amarelo
2 paus de canela.

Foi só levar a lume brando até estarem bem desfeitos (não tiro a casca) e fazer estrada ao passar a colher de pau. Verter para frascos esterilizados no microondas e deixar arrefecer virados ao contrário.
Como repararam coloquei pouquíssimo açúcar pela simples razão que os figos são um fruto bastante doce por natureza.


Beijos e até um dia destes

segunda-feira, 29 de Setembro de 2014

Depois de

tantos dias de ausência passo por cá essencialmente para dar uma satisfação a todos os que têm estado presentes na minha vida através deste blogue e que tanto são importantes para mim.
Quando iniciei este blogue encontrava-me complemente anestesiada quanto ao mundo novo da arte na reciclagem  e do Do It Yourself, onde tinha acabado de entrarde uma forma tão intensa e feliz. A reciclagem, a reutilização e o fazer eu própria trouxeram momentos de uma felicidade tão intensa e por isso mesmo indescritível. Mas nem sempre a vida corre a preceito de modo a conseguirmos manter dentro das nossas rotinas tudo o que mais gostamos. Comigo isto começou acontecer com o aumento da minha carga horária, obrigando-me a estar dentro do locar de trabalho mais 5 horas por semana. Fui fazendo um esforço, chegando por vezes à exaustão, para continuar a manter este meu escape, que me fazia tão bem à alma e que contribuía também para redução nos meus gastos. Neste momento não consigo mesmo fazer quase nada.
A entrada da minha MR no 1º ciclo, e o acerto no meu horário de trabalho para poder levá-la à escola faz com que chegue a casa por volta das 18.30 h e as 18.45 h. O apoio que tenho de lhe dar neste novo começo, o apoio que tenho dar à AJ neste fim (9º ano) que será também o ano de grandes decisões relativamente ao rumo a tomar no que respeita  ao futuro, requerem muito de mim. Não esquecendo o nosso pequeno novo habitante, o Simba, que estando só durante o dia, no final do dia também precisa que o mime e brinque com ele. Entre o emprego, a família, as refeições e toda a vida de casa, o tempo não dá para mais nada mesmo.
Já me senti tão frustrada, tão revoltada, tão indignada.Neste momento estou resiliente. O que não tem remédio, remediado está. A minha prioridade sempre foi a família e não podendo fazer mais nada neste momento para além do que é prioritário, tenho simplesmente que aceitar e seguir o caminho possível.
O principal ingrediente deste blogue sempre foi a reutilização e o DIY.  Como estas possibilidade, dignas de menção, pouco têm acontecido na minha vida, sinto que não tenho elementos dignos de serem partilhados convosco. 
Assim sendo,  e não querendo acabar com este espaço, onde eu fui já imensamente feliz, vou deixá-lo em stand by. Voltarei quando tiver algo que eu considere de fato verdadeiramente útil partilhar convosco e que não fuja constantemente do mote de "O Meu Mundo Criativo".
Um bem haja a todos.


Beijos e abraços

sexta-feira, 8 de Agosto de 2014

Livros


Esta semana para além de resolver um montão de situações pendentes, que se arrastavam há imenso tempo,do trabalho, da vida de casa, das filhas, do simba, li estes dois livros, prendas do aniversário.



 
O primeiro faz-nos ver a vida de uma outra forma e encarar o fim da viagem de uma maneira mais leve. 

O 2º não me trouxe nada de novo, uma vez que tenho estado envolvida num drama igual, na pessoa de uma cunhada muito querida, e tudo o que a Fernanda conta, apesar da dureza, não é novidade para mim.  Para além disso também já tinha lido tantas e tantas coisas acerca desta tão amaldiçoada doença e lido imensos testemunhos de quem passou por isso e saiu vencedor para lhe poder dar o apoio necessário e da maneira mais salutar. De qualquer forma é sempre muito bom ler testemunhos de pessoas que enfrentaram o problema, apesar de todo o drama envolvente, de forma tão positiva. A minha querida Z. também o está a fazer da mesma forma o que me faz admirá-la muito mesmo e cada vez mais

Desejo a todos um fim-de-semana maravilhoso

Beijos e abraços

Camarão tigre.

Por cá somos fãs de marisco. É dos alimentos mais inacessíveis para nós, mas quando há promoções por vezes fazemos gosto ao palato. Foi o que aconteceu há uns dias atrás (no meu aniversário)com o camarão tigre. Comemos poucas vezes, mas quando comemos é mesmo do melhor e pronto. A gente merece mesmo.
Quem costuma cozinhá-los costuma ser o Pedro. Tem muito jeito para os escalar e cozinhar. A técnica usada foi sempre temperá-los de sal fino e limão, grelhá-los na chapa e finalmente pincelá-los de azeite quente com alho. Sempre ficaram uma maravilha. Maravilhosa nunca ficou foi a cozinha no final do cozinhado. As paredes em volta do fogão ficavam um horror. Nesta última vez , e depois de uma dica dada pela minha irmã, assamos-los no forno, num tabuleiro, usando o mesmo tempero. Ficaram divinos e a cozinha sem sujidade.


Pronto gente espero que esta dica seja também uma mais valia para vocês

Beijos e abraços

segunda-feira, 4 de Agosto de 2014

Este fim-de-semana teve momentos bons, muito bons:
- ter tido o privilégio de festejar o meu aniversário com um jantar caseiro divinal, bem regadinho de champanhe, junto dos que me são tão queridos;
- festejar o meu aniversário com o 1º bolo feito pela filha mais velha, e este estar delicioso ( mesmo que não estivesse, seria sempre um marco muito importante para ela e para nós);
- ter ganho de prenda de anos um trabalho em power point feito por ela, em seu nome e da irmã, uma verdadeira declaração de amor para mim, que me deixou de lágrimas nos olhos;
-ao serão ver-mos juntas o filme " A culpa é das estrelas".
- sábado - a mais nova diz " chegou o dia de furar as orelhas, sinto-me preparada". Não deu um ai e saiu do estaminé radiante com os brinquinhos que trouxe nas orelhas;
- ida à Feira de artesanato de Vila do Conde
- jantar no burger king para ser diferente
- a mais velha começar a ler o seu 1º livro e devorá-lo em dois dias. Sempre lhe li desde bébé, tal como tenho feito com a mais nova, no entanto nunca consegui que ela depois de crescida, tivesse vontade de pegar num livro para ler. Tanto lhe disse quão maravilhoso é o mundo dos livros, das coisas maravilhosas que se aprendem com eles, que fiquei tão, mas tão feliz, que a sua 1ª experiência tenha sido tão boa. Ontem à noite já começou o seu 2º livro. Para além disso disse-me que ponderava desistir do Facebook e que achava muita piada começar a usar cartas escritas por ela para mandar mensagens a quem mais gosta (e o telemóvel como apoio). Tão bom vê-la crescer assim.Tão grata por vê-la crescer assim.



Beijos e abraços

Um excelente semana para vocês

sexta-feira, 1 de Agosto de 2014

Grata

por tudo o que vivi.; por tudo o que cresci; por tudo o que conquistei; pela serenidade alcançada.
Grata pelos 44 anos.




Bom fim-de-semana para  vocês

Beijos e abraços