Pescada assada sem espinha.

O meu vizinho do 2º dtº é pescador. De vez em quando presenteia-nos com peixe e há uns dias ofereceu-nos uma pescada ENORME. Cá em casa todos gostamos de peixe, desde que não seja cozido, mas a pescada, para além do checharro, é um dos peixes menos bem-vindo por isso raramente compramos.  Como nada se pode estragar decidi cozinhá-la assim:



retirei-lhe a espinha principal, ficando espalmada, salpiquei-a de sal grosso e alho esmagado, reguei-a com azeite e levei-a a assar ao forno com batatinhas também elas salpicadas de sal, azeite e alho. Ficou tostadinha e verdadeiramente deliciosa.
Esqueci-me de tirar fotos ao prato pronto.

Acompanhei com uma salada mista de tomate, alface, cebola, milho, azeitonas e maçã ( tinha metade a estragar-se).  Todos comeram, sobrou um pouco que deu para o almoço do dia seguinte, mas não se estragou nadinha. Concluimos que vamos começar a comprar porque para além de ficar muito saborosa assim, é também um dos peixe mais baratos no mercado.


Até o próximo post






Comentários

  1. Uma bela forma de consumir a pescada, eu quando e assim grande parto em filetes.
    Bom fim de semana
    Beijinhos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Como cozinhar couscous.

Receita de detergente caseiro para a máquina da roupa.

Tira borboto - económico e eficiente.