Dia Mundial sem tabaco.

Há uns anos atrás, há mais de 9, não me imaginava a dar o mais pequeno contributo para esta campanha. Porquê? Porque era fumadora e arranjava, tal como todos os fumadores, todas as desculpas do mundo para continuar a fumar. Estava em baixo=precisar de um cigarro para amenizar a minha tristeza; estava feliz=precisar de um cigarro para aumentar a sua intensidade; a comida estava boa=precisar de um cigarro para completar o menu (satisfação); a comida não estava boa=precisar de um cigarro para remediar a coisa; e o cigarro no fim do café, era impossível viver sem esse.
No fundo de mim havia a certeza que fumar era algo que não devia fazer; que era algo que eu um dia fosse porque motivo fosse deixaria de fazer. E assim foi há 9 anos atrás. O motivo foi mesmo a minha consciência. A  minha filha mais velha, na altura com 5 anos, começou a questionar-me porque é que eu fumava, eu como não tinha uma resposta que justificasse de forma assertiva esta minha atitude respondi-lhe que era porque eu era uma tonta e que por isso mesmo ia deixar de fazê-lo. E assim foi. Se me custou, custou-me uma imensidão.Há fumadores que ganham mais dependência da nicotina do que outros e eu , sem saber, era super dependente, daí o ter sofrido tanto. Na verdade também quis fazer tudo sózinha, sem apoio de qualquer espécie (medicamentosa, tipo nikitin, ou outra). Foi uma fase dolorosa para mim, que não tem de ser para todos igual, basta a vontade e ter uma ajudar paralela.
Ao longo destes 9 anos, nunca me arrependi de o ter feito. Não me arrependi porque foi o melhor para mim, para a minha saúde e para a minha carteira e porque só podemos querer atitudes dos nossos filhos se lhes soubermos dar o exemplo.

 
 
Beijos e abraços


Comentários

  1. E eu devia seguir o teu exemplo :)
    Mas com tanto stress, parar um pouco para fumar um cigarro, cheirar o dia, meter a cabeça na ordem do dia, é o que faço mais do que devia :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que Maria. Eu passei por momentos como esses, tantas, mas tantas vezes. Nunca se consegue deixar de fumar se se pensar que o faremos quando houver menos stress porque só o facto de o pensar causa stress. Deixar de fumar tem de vir de uma vontade que se entranhe em nós de tal forma que a gente faça disso um obejtivo primordial.
      Beijinhos Maria :)

      Eliminar
  2. Você é uma guerreira vitoriosa Lassalete!
    que bom conseguir livrar-se de um vício assim
    minha mãe aniversariava no dia 31 de maio , justamente o dia mundial sem tabaco.
    Faleceu aos 80 anos, devido ao fumo. Mesmo sem pulmão, achava que talvez,, parasse de fumar. Não deu tempo infelizmente.
    beijo querida, que você sempre esteja consciente e determinada na sua escolha de não mais fumar.
    beijo Zizi

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Zizi. Acredite que sim mesmo! O que eu passei para conseguir deixar, foi duro de mais, nunca mais quero ganhar dependência. Atualmente o cheiro do cigarro incomoda-me muito mesmo e isso é muito bom para eu não chegar nem perto!
      Beijo

      Eliminar
  3. Que bom mesmo! Eu habitualmente fumo 3 cigarros por dia e por isso tenho a mania que não sou fumadora, mas sou. Questiono-me muitas vezes se são só 3, não me custaria muito parar e porque não o faço?? Um dia destes vai :)

    ResponderEliminar
  4. Aqui em casa apenas o meu marido foi fumador...deixou de um dia para o outro com um susto de saúde que apanhou....! Mas o melhor mesmo é não começar :))) !
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Como cozinhar couscous.

Receita de detergente caseiro para a máquina da roupa.

Tira borboto - económico e eficiente.