Do Natal fica...

Olá gente

Apesar de todo o espirito natalicio que me afetou na preparação do Natal, não consegui que as nuvens menos claras que pairam sobre a nossa família se dissipassem nesse dia. Senti  nostalgia no ar. A alegria e os risos das crinças salvaram-no! 
Por outro lado a teoria da mana velha, com 26 anos de experiência em enfermagem, relativamente à repentina euforia do meu pai, depois de um longo período de apatia, deixou-me com o coração tão pequenino, mas tão pequenino que depois de a ouvir nem uma avelã me passou com gosto pela garganta.
Nunca disse aqui, mas o meu pai há 12 anos que foi submetido a cirurgia cardíaca. Teve entretanto um hemorragia intra craniana, à qual sobreviveu por milagre (os médicos deram zero esperança na altura)  e outros problemas devido ao mau funcionamento do sistema circulatório. Depois do episódio grave da hemorragia foi ficando cada vez mais apático até estes dias em que tenho andado com uma vontade repentina de fazer tudo e mais alguma coisa, e muito falador, algo muito estranho nele, que nunca foi de falar muito. Peço a Deus que ela esteja totalmente enganada.  

Beijinhos e abraços

Comentários

  1. Força Lassalete ...há fases muito complicadas e eu que o diga....mantenha-se calma e viva o momento intensamente, não vale a pena antecipar o sofrimento...!
    Beijinhos e que corra tudo bem!
    Maria

    ResponderEliminar
  2. Mto obrigada pela força Maria, você é uma querida!! Eu sei que não devo sofrer por antecipação, mas há momentos que em a gente se abate perante as perspectivas que nos apresentam! Mas é só ganhar nova energia, agarrar-me à esperança e ao positivismo que me carateriza e logo, logo darei a volta por cima.
    Mais uma vez obrigada
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Olá Lassalete eu conheci o seu blog e estou a gostar muito,tem aqui ótimas sugestões para pouparmos algum dinheirinho,com a crise em que estamos vem mesmo a calhar.
    As melhoras para o seu pai e siga o conselho da amiga Maria,não vale mesmo a pena sofrer por antecipação (eu que o diga).
    Beijinhos e tudo de bom para si.

    ResponderEliminar
  4. Muito obrigada Natália. Eu também já tenho passeado pelo seu blog e sei que também passou por momentos bem dificeis na primeira pessoa. Eu vou sim dar a volta por cima e não cismar, mas o primeiro impacto tem sempre um efeito inesperado.
    Beijinhos e mais uma vez obrigada pela força

    ResponderEliminar
  5. Já vi que a perpetiva da mana M.J sobre a súbita euforia do pai te deixou em sobressalto! Eu ao ler o post tb fiquei inquieta...mas ele já teve outros momentos assim e as piores conjeturas não se confirmaram!
    Convidei-o para ir à Madeira e ele ficou todo entusiasmado...

    ResponderEliminar
  6. Espero que a avaliação da MJ esteja completamente errada. Na verdade é o entusiasmo dele e a vontade de fazer tudo e mais alguma coisa vai de encontro ao " diagnóstico " que ela fez. Assustou-me muito, lá isso assustou, mas como dizem lá em cima, a Maria e a Natália, não me vale nada sofrer por antecipação, por isso estou a tentar relaxar o melhor que consigo!
    Bjo

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Como cozinhar couscous.

Receita de detergente caseiro para a máquina da roupa.

Tira borboto - económico e eficiente.