Vamos fazer tudo o que nos for possível pelo planeta?!

Olá gente

Um dos maiores propósitos que me levou a criar este blogue, e embora não passe o tempo todo a falar do assunto, foi tentar sensibilizar o máximo possível de pessoas do quanto é necessário tomar-mos (nem que seja pequenas) atitudes no sentido de proteger o planeta da poluição a que está sujeito todos os dias, quer pela ambição desmedida dos mais poderosos (ricos), quer pela consumismo exagerado na maioria de nós, quer pelo desrespeito e falta de civismo de grande parte dos seres humanos. Quando presencio estas tempestades não habituais, tornados em pleno Portugal, o mar a galgar furiosamente a terra  não deixo de pensar que a natureza está a "demonstrar a sua revolta pelo mal que estamos a fazer".
Quando posto temas como: reaproveitamentos, transformação de objetos, horta na varanda, reciclagem é sempre (claro que a poupança também conta) no sentido de fazer com que as pessoas ponderem outras possibilidades, antes de se descartarem de determinadas coisas. Quando falo em poupar devo dizer, e penso que a essa conclusão já todos/as chegaram, que poupança e ambiente andam de mãos dadas. Se pouparmos, não precisamos de comprar tantas vezes, logo não é preciso produzir tanto e logo o ambiente não fica tão exposto a poluição que advém da produção. Se fizermos em casa contribuimos para a diminuição  do fabrico dos malfazejos plásticos, do papel ( que inclui o abate de muitas árvores) e dos quimicos usados para conservar ou tornar mais "eficazes" determinados  produtos. Assim, diminuindo o consumo, poupamos nós e poupamos a natureza de grandes males.
Há quem questione (muita gente): " ninguém faz nada, porque é que eu havia de fazer?". Pois a minha opinião é esta: cada um deve fazer o seu melhor, sem olhar para o comportamento do lado. Ter consciência do que é certo e atuar sempre nesse sentido, é a obrigação que todos temos para com a natureza. Porém muitos não têm, e como não podemos mudar as pessoas, pelo menos tentemos sensibilizá-las para importância da sua mudança.
Depois há também aquele grupo de pessoas (aqui quero frisar a parte da reutilização de objetos, reciclando), que acha que a criatividade é o maior inimigo do bom gosto e que por isso comprar sempre é a melhor opção. Para esses só posso dizer " ainda bem que os gosto são relativos e que eu, pelo menos, não preciso dessa desculpa para continuar a não fazer nada".
Pronto gente, já devem estar a pensar que este post está a ficar longo demais que  não tarda nada disistem de ler, por isso vou terminar com esta sugestão para criarem o vosso ecoponto doméstico sem gastar  nada (quase).


Parte traseira de computadores antigos, de televisores também deve dar.
Imagem retirada da net



Beijinhos e abraços para todas/os

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Como cozinhar couscous.

Receita de detergente caseiro para a máquina da roupa.

Tira borboto - económico e eficiente.