Mais vidros reutilizados.

Vocês sabem que eu podendo reutilizar, não deito fora. É óbvio que não consigo reutilizar tudo. Vou guardando a achar que vou poder fazer muitas criações, depois não consigo arrranjar tempo e então tenho de me despachar das coisas. Sinto um peso na consciência saber que tantas embalagens que podiam ser recicladas têm de ir para o ecoponto. Por poutro lado sinto uma leveza dentro de casa por ter-me livrado de coisas que estavam a ocupar espaço. Este fim de semana foi mesmo assim, dividido entre o alívio do destralhar e a mágoa de não poder fazer mais. Eu sei que tenho de me convencer que não posso fazer tudo, que faço o que posso, mas por vezes ponho a fasquia muito alta e acabo por me sentir um pouco frustrada.
Apesar de tudo ainda reutilizei estas duas garrafas de polpa de tomate para colocar palhinhas e as molas para fechar sacos. Ficam guardadas, sempre visíveis e coloriem o meu armário (as palinhas quase não são usadas agora).




Reutilizei também este frasco de café instantâneo e que antes estava assim


mas como a flores murcharam entretanto, agora ficou assim



com flores secas perfumadas a aromatizar a casa de banho.


Tenham muitas inspirações e façam muitas reutilizações, reciclando e assim reduzindo e poupando.


Fiquem bem

Até o próximo post


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Como cozinhar couscous.

Receita de detergente caseiro para a máquina da roupa.

Tira borboto - económico e eficiente.